Publicado em Deixe um comentário

Barbearia e salão de beleza: cuidados com a saúde, algumas doenças infecciosas

Algumas doenças infecciosas no âmbito destas atividades

 

Vírus AIDS

Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Aids) é a forma mais grave da infecção causada pelo Vírus da Irnunodeficiência Humana (HIV) que enfraquece o sistema de defesa do organismo, favorecendo o aparecimento de doenças oportunistas que podem causar graves complicações e até a morte. Pessoas aparentemente saudáveis podem estar contaminadas e mesmo sem saber transmitir o vírus. O vírus da Aids está presente no sangue, esperma, secreção vaginal e leite materno. A transmissão pode ocorrer durante a relação sexual sem camisinha, na transfusão de sangue contaminado, no momento do parto e até durante a amamentação. Também pode ocorrer a transmissão ao compartilhar seringas, agulhas e objetos cortantes infectados (alicates, espátulas, aparelho de barbear, tesoura). Vale lembrar que nos últimos anos vem aumentando o número de casos de Aids entre mulheres, através de relações heterossexuais sem uso de preservativo.

 

Hepatites

As Hepatites B e C são infecções do fígado e podem Q) evoluir para cirrose e câncer ~ de fígado. Elas são transmiJi tidas pelo sangue sendo que a hepatite B é uma doença sexualmente transmissível e muito fácil de pegar. No dia a dia o compartilhamento de aparelhos de uso pessoal, como instrumentos de manicure, barbeiros, etc, sem a correta esterilização, pode ser fator de contaminação. Nem sempre os sintomas das hepatites B e C aparecem. Só existe vacina para hepatite B.

 

Fungos

As micoses são as doenças mais comuns causadas por fungos que atacam com freqüência a pele e as unhas. Um salão de beleza que não esteriliza corretamente o material compromete a saúde de outras pessoas que, sem saber, podem contrair um problema cujo tratamento é caro e demorado. Em média as micoses de unha levam de três a seis meses para serem curadas. Nos salões de beleza, as micoses podem ser transmitidas por alicates, lixas, espátulas, tesouras, palitos de laranjeiras e outros. Basta, muitas vezes, o contato da pele ou unhas infectadas por fungos para se transmitir uma micose.

 

Parasitas

A infestação por piolhos (pediculose) causa coceira intensa e pode afetar qualquer área da pele, em especial o couro cabeludo. Os piolhos são dificilmente visíveis e são transmitidos facilmente de pessoa para pessoa através do contato corpóreo e do compartilhamento de vestimentas e de outros objetos de uso pessoal (pentes, escovas, chapéus, toucas).

 

Bactérias

As bactérias podem causar doenças quando presentes em instrumentos e objetos, como bacias de pedicure não higienizadas adequadamente e ceras de depilação reutilizadas podem transmitir doenças graves, como furúnculos. Muitas vezes as pessoas não relacionam esta doença com a atividade de pedicures e manicures.

 

Intoxicação por produtos – tinturas, xampús, produtos para alisamento e outros

Vários produtos utilizados em salões de beleza podem ser prejudiciais a saúde tanto para os profissionais desta área como para os clientes. Em concentrações inadequadas algumas substâncias tornam-se tóxicas, podendo causar alergias, irritação dos olhos, lacrimação, vermelhidão, irritação da pele, queimadura no couro cabeludo, queda parcial ou total dos cabelos, lesões na córnea, problemas no trato respiratório e até a morte. Segundo a resolução da ANVISA RDC36 de 17 de junho de 2009 está proibida a venda do formoI em drogarias, farmácias, supermercados e outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code