Publicado em 1 comentário

Higienização e esterilização de materiais de salão de beleza: você sabe como fazer corretamente?

O hábito de frequentar salões de beleza cresce ano após ano entre os brasileiros. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), o setor de beleza é o que mais cresce no país. Neste contexto, tanto as mulheres quanto os homens utilizam cada vez mais dos recursos oferecidos por salões de beleza, sejam eles de grande, médio ou pequeno porte.

Entretanto, por se tratar de um setor que envolve o uso de materiais que, muitas vezes, são utilizados em diversos clientes, é possível afirmar que além de beleza, o setor também envolve a questão da saúde. Dessa forma, a Tribus Jovem Cosméticos auxilia você, seja proprietário de salão ou cliente, a se atentar aos cuidados básicos de limpeza e higiene dos materiais que compõem um salão de beleza.

 

Higienização de escovas e pentes

As escovas e os pentes devem estar limpos e sem fios de cabelo dos demais clientes. Por isso, é importante retirar os fios presos na base da escova com o cabo de um pente após o término do uso em cada cliente.

Escovas de madeira podem ser limpas com água corrente e sabão neutro, e podem secar naturalmente. Já as escovas metálicas devem ser secas com um pano limpo, a fim de evitar a oxidação. Para escovas de plástico, um pano úmido aliado ao sabão neutro é o mais indicado. A secagem em estufas ou com o secador não é indicada, pois pode danificar as cerdas e diminuir a durabilidade e a qualidade do produto.

Além disso, é importante salientar a necessidade da higienização das escovas e pentes após a aplicação de químicas e produtos especiais. Muitos deles podem ocasionar descamação e vermelhidão no couro cabeludo, queda de cabelos e alergias quando não são previamente testados na pele do cliente.

 

Esterilização de materiais de manicure e pedicure

Este é considerado por muitos o setor que mais acomete doenças em clientes nos salões de beleza. O ideal é que sejam utilizados instrumentos descartáveis, e os que não se enquadram neste quesito, como alicates, espátulas e tesouras, devem ser lavados com água e sabão, secados, embalados e esterilizados na autoclave ou na estufa. A esterilização é de extrema importância, pois algumas doenças graves como hepatite e aids podem ser transmitidas através destes materiais contaminados.

Já em casos de uso de bacias para imersão de pés e mãos, estas devem ser lavadas com água e sabão e revestidas com protetores plásticos descartáveis após cada uso.

 

Materiais para depilação

Os materiais para depilação devem ser sempre descartáveis. As ceras depilatórias devem ser de uso único e não é aconselhável reaproveita-las, independente do local onde tenha sido utilizada, devido ao risco de transmissão de doenças. As folhas depilatórias devem ser imediatamente descartadas após o uso.


Lâminas de barbear

Aconselha-se o uso de lâminas descartáveis, sendo estas utilizadas apenas em um cliente e não devem ser reaproveitadas.

 

Toalhas

As toalhas devem ser de uso exclusivo e individual, sendo obrigatoriamente trocadas a cada cliente e lavadas para reutilização.

Um comentário sobre “Higienização e esterilização de materiais de salão de beleza: você sabe como fazer corretamente?

  1. Bom dia, estou fazendo curso de cabeleireira, so me formo no básico em novembro.Pretendo fazer especialização e também alguns outros cursos.Sou formada em matemática, mas agora aos 45 anos tive a vontade de entrar para área da beleza.Gostaria de mais informações sobre higienização das ferramentas de trabalho, como tesouras, maquinas de corte e acabamento.E tambem gostaria de conhecer a linha de produtos de voces, linha masculina.Gostaria de saber se voces tem algum curso de barbearia que pudessem me indicar?Obrigada, fico no aguardo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code